Coragem para Mudar o Brasil

Coragem para Mudar o Brasil

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Opinião de Beto Albuquerque sobre a polarização "Dilma x Cunha"

Engraçado as reações aqui nas redes socais. Se critico o governo Dilma, sou traidor, aliado de Cunha, oportunista. Se critico Eduardo Cunha, sou petista, vendido, subalterno. E sigo cada vez mais convencido de que essa polarização apenas serve aos interesses deles que estão no poder.
Se a turma que defende Dilma entende que não há motivo para impeachment e que não houve crime de responsabilidade fiscal, então que provem isso na Comissão Especial. Simples! Não mudem o foco da discussão reduzindo isso a um "golpe". Eu defendo a investigação e não aprovo manobras fiscais. Ainda mais quando há uma reutilização deste prática.
Quanto a Eduardo Cunha, o PSB jamais esteve ao lado dele. Aliás, pedimos seu afastamento ainda em outubro. Tivemos candidatura própria à presidência da Câmara porque conhecemos essa velha política de acordos espúrios.
Estranho que por muito tempo Cunha e Dilma serviram um ao outro. Mas há quem esqueça disso!
Atentem para o seguinte, meus amigos: enquanto essa guerra seguir sendo travada neste nível, o Brasil seguirá com sua crise aumentando. Talvez seja isso que eles - que estão no poder - querem. Não duvido de mais nada!
Há tempos deixaram o Brasil e o brasileiro de lado. Durante muito tempo nós, através de nosso presidente Eduardo Campos, alertamos Dilma sobre muitos equívocos que ela estava cometendo. Não nos ouviu. Insistimos. Não nos ouviu. Ela mudou de lado, de rumo, aliou-se a Maluf, Katia Abreu, Renan (mas o PSB que virou um partido de direita!!!!). Rompemos, então.
Apresentamos, em 2014, um projeto para o Brasil. Perdemos. Respeitamos a decisão das urnas, embora saibamos que a mentira venceu. E numa democracia, quem opta pela mentira, não é assim tão defensor da democracia... Não queremos revanche.
Ao defender a investigação das pedaladas e do suposto crime de responsabilidade fiscal, não me coloquem, portanto, como quem não respeita a democracia ou como um golpista. Eu defendo a transparência e a verdade. E é isso que quero que apareça. O Brasil merece isso!
O petrolão é outra coisa! E terá suas consequências!
Quando a Eduardo Cunha, não há o que dizer. Ele vem fazendo o pior que há na política. Não tem legitimidade para presidir a Câmara. É preciso que deem um basta nesta onda de manobras que prejudicam o país, o nosso presente e o nosso futuro.
Eu quero um país livre da corrupção, da política do toma lá dá cá, dos jogos espúrios, da troca de favores, da compra de apoio... Não me acusem por ser honesto e defender isso. Porque sou coerente com o defendo há 30 anos. E não mudei de lado. Vejam os seus aliados, vejam suas escolhas, façam uma autoanalise e depois discutam com argumentos, não com brigas. O Brasil está cansado de brigas e carente de soluções!
Importante dizer, ainda, que qualquer um que não cumpra a lei e a Constituição tem que ser punido! No caso de quem tem mandato significa perder o mandato e responder criminalmente! A impunidade é o motor da corrupção!

Nenhum comentário:

Postar um comentário