Coragem para Mudar o Brasil

Coragem para Mudar o Brasil

segunda-feira, 4 de março de 2013

Beto assume comando do PSB com o desafio de preparar a sigla para 2014



Socialistas gaúchos apoiam candidatura de Eduardo Campos à Presidência da República
“Assumo a presidência com o desafio de fazer de 2013 o ano de construção para 2014, tanto em nível nacional quanto estadual, construindo candidaturas qualificadas e comprometidas com os interesses do povo”, afirmou o novo presidente do PSB no Estado, deputado federal Beto Albuquerque. A alteração no comando do PSB gaúcho ocorreu durante reunião do Diretório Estadual neste sábado (2), na Igreja Pompéia, em Porto Alegre, na qual os socialistas manifestaram, de forma unânime, apoio à candidatura do governador Eduardo Campos à Presidência da República.
Beto assumiu no lugar de Caleb de Oliveira, que desde novembro do ano passado está à frente da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística. “Beto tem a liderança necessária para dar sequência ao crescimento do Partido e dar maior visibilidade à sigla no próximo período” afirmou Caleb. Agora à frente da primeira vice-presidência do Partido, Caleb destacou que hoje o PSB está consolidado como importante força política do Estado.
Em seu primeiro discurso como presidente, Beto Albuquerque destacou que  o PSB vive um novo momento nacionalmente, tendo ampliado muito a sua representação. “O nosso crescimento mostra a aprovação das nossas gestões e o engajamento da nossa militância. O PSB tem clareza dos seus compromissos e do seu futuro.”
O novo presidente resgatou a história do PSB e destacou que o partido e o Brasil precisam iniciar um novo ciclo. “Lutamos pela redemocratização do País, tivemos a etapa de estabilização da moeda brasileira, apoiamos as conquistas sociais no Brasil iniciadas pelo presidente Lula e consolidadas pela presidente Dilma. Agora nós achamos que este terceiro ciclo está chegando ao fim. É hora de trabalharmos pela estabilização da economia. Temos que deixar para trás o Brasil de incertezas e imprevistos na economia,” avaliou.
Beto afirmou que “há um anseio majoritário dentro do partido para a construção da candidatura do governador Eduardo Campos à presidência da República. Isso não significa romper com ninguém, temos compromisso com a governabilidade, com a história política da esquerda. Estamos somente exercendo nosso protagonismo político”. Para o socialista, o Partido precisa se organizar para chegar ao poder e defender os interesses da população. “Queremos ser o novo, a mudança do antagonismo que existe hoje. Vamos mostrar que gestão transforma, sim, um estado, transforma um país, e constrói uma sociedade melhor”, sinalizou.
Os deputados socialistas também manifestaram entusiasmo com a candidatura de Eduardo Campos à Presidência e reafirmaram a legitimidade do PSB em oferecer à população um projeto de governo para o Brasil. Da mesma forma, o vice-governador Beto Grill avaliou ser “indispensável, inadiável e legítimo que estejamos pensando em construir o nosso projeto nacional”.
Durante a reunião do Diretório também foi discutido o planejamento da sigla para 2013. Os socialistas definiram o calendário de atividades, que incluirá a realização de debates regionais e seminários que irão preparar o partido para as eleições de 2014. Entre os temas debatidos estarão a reforma política, a renegociação da dívida dos estados com a União, o Fundo de Participação dos Municípios e o Pacto Federativo. Também serão intensificados os cursos de formação política e as atividades dos segmentos organizados.
Triunfo – o PSB vai disputar a eleições à Prefeitura de Triunfo, em abril, com Valdir Kuhn. O socialista apresentou sua candidatura aos companheiros de partido durante a reunião do Diretório Estadual e destacou que quer governar a cidade para as pessoas. “Queremos reverter a imagem de Triunfo e fazer política de forma correta, voltada para o cidadão”, afirmou. A eleição de 2012 no município foi anulada pela Justiça Eleitoral devido ao abuso de poder econômico e político do candidato eleito em outubro.
Um minuto de silêncio – durante a reunião do Diretório Estadual do PSB, os socialistas fizeram um minuto de silêncio em homenagem ao seu ex-presidente de honra Fúlvio Petracco, falecido em fevereiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário